A- A A+ |

Nesta terça-feira, a partir das 18 horas, em frente ao Theatro São João, estará montada a Feira Criativa, recheada de produtos e serviços caprichados, produzidos por artesãos, gastrônomos e demais profissionais da cidade. 

Logo mais, às 19 horas, o “Teatro da Terça” recebe Rafaela Lima (CE) com "Fruta Cor", uma dança-manifesto que questiona a objetificação do corpo feminino, apresenta-o como fruto do pecado, comestível, possível de ser invadido por olhos misóginos; e Maria Eugênia Almeida (SP-PE) com o espetáculo "Planta do pé", fazendo um questionamento sobre o posicionamento periférico que as danças tradicionais têm hoje no Brasil. Ressaltando as danças nordestinas e a relação das pessoas que dançam com essa arte. O trabalho apresenta “pluralidade gestual, recursos de agilidade e peso, tudo ressignificado em novos movimentos no meu corpo”, afirma Maria Eugenia.

As atrações fazem parte do projeto "4 Femininos no Brasil".

A Secretaria da Educação de Sobral realizou, nos dias 22 e 23 de março, o VIII Seminário Sobre a Educação de Sobral: “A trajetória da melhor Rede Pública de Ensino do País”. O evento que aconteceu no auditório da Prefeitura de Sobral, contou com a participação de gestores e educadores das cidades de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro; João Pessoa, Campina Grande, Queimadas e Itabaiana, na Paraíba; Ilhabela  e Taboão da Serra,  em São Paulo; Itaparica, na Bahia; Alcântaras, Bela Cruz, Camocim e Jijoca de Jericoacoara, no Ceará; além de uma comitiva de estudantes de Pedagogia da Universidade Federal da Paraíba.

No primeiro dia do evento, o secretário da Educação de Sobral, Herbert Lima, apresentou resultados, parceiros, programas e projetos adotados pela rede pública municipal ao longo dos últimos 20 anos. Em seguida, a coordenadora de ensino fundamental, Edna Carvalho, juntamente com a gerente da Coordenadoria da Gestão Escolar, Ticiane do Vale, e a gerente da Coordenadoria de Desenvolvimento da Aprendizagem e da Gestão Pedagógica, Rita Helena, tiraram as dúvidas dos participantes do seminário.

Na sexta-feira (23/03), os educadores visitantes conheceram as atividades desenvolvidas pela Escola de Formação Permanente do Magistério e Gestão Educacional (Esfapege), responsável pelas formações em serviço dos professores da rede municipal de ensino, com apresentação da diretora pedagógica da Esfapege, Tarjjara Almeida; e, encerrando o seminário, todos os participantes visitaram a Escola Emílio Sendim, que possui o maior Ideb do Brasil (9,8).

 O seminário é gratuito e foi criado para atender a demanda de interessados em conhecer a política educacional de Sobral. O próximo seminário será realizado nos dias 24 e 25 de maio. Os interessados podem realizar a inscrição, clicando AQUI.

 

Veja as fotos do primeiro dia de seminário AQUI

Veja as fotos do segundo dia de seminário AQUI

 

A Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (SEDHAS), através do Centro de Referência Especializado da Assistência Social Manoel Vieira Linhares (CREAS), participou do Encontro Regional das Mulheres Agricultoras, promovido pelo Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Sobral (STTR). O evento foi realizado na quarta-feira (21/03).

Na oportunidade, o assistente social Marcos Portela, a psicóloga Leila Leite e o orientador social Cristiano Peres apresentaram as políticas de acompanhamento às situações de risco social em decorrência da violência. O CREAS é o serviço responsável por realizar o atendimento às famílias e indivíduos com violações de direito em decorrência de agressões físicas, psicológicas, patrimoniais, dentre outras. O serviço expôs também uma apresentação lúdica sobre a história da conquista dos direitos da mulher.

CREAS

O CREAS Manoel Vieira Linhares, que comemora 10 anos de atividades em maio de 2018, é o serviço municipal responsável pelo acompanhamento de violações de direito, cujas vítimas sejam crianças, adolescentes, mulheres, idosos, pessoas com deficiência, além de questões como discriminação por etnia, orientação sexual ou religiosa, dentre outras.

As denúncias podem ser feitas pessoalmente, por telefone 3695-5200 ou por encaminhamento de outras políticas públicas ou do Sistema de Garantia de Direitos (SGD). O equipamento conta com equipe multidisciplinar formada por assistentes sociais, psicólogos, pedagogos, advogado e profissionais de nível médio. Entre os serviços prestados, está o de assessoria jurídica gratuita, que pode ser acessado por qualquer cidadão sobralense.

O secretário dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social, Júlio César Alexandre, e a coordenadora da Unidade de Gerenciamento de Projetos de Prevenção de Violências (UGPPV), Glória Ribeiro, receberam hoje (27/03), na SEDHAS, pesquisadores do Instituto Ayrton Senna para uma discussão sobre competências socioemocionais e manifestações de violência.

O Instituto Ayrton Senna é parceiro do município de Sobral na implantação das competências socioemocionais na Educação. Para isto, os pesquisadores estão visitando as secretarias municipais e coletando informações sobre o trabalho intersetorial relacionado ao tema da violência.

Na ocasião, foi discutido o trabalho de prevenção que a SEDHAS realiza através da Unidade de Gerenciamento do Projeto de Prevenção de Violências e como este trabalho se articula com a educação. A partir das informações oficiais, a UGPPV realiza o estudo das mortes violentas no município, elaborando um perfil das vítimas. Segundo a coordenadora da unidade, Glória Ribeiro, “há evidências de vulnerabilidades ligadas à questão escolar, pois os adolescentes vitimados pela violência fazem parte de um padrão que inclui evasão escolar, infrequência, baixa escolaridade dos pais, dentre outros fatores”, afirmou.

O secretário Júlio Alexandre destaca a importância do trabalho intersetorial no combate à violência. “A nossa experiência nos mostra que as políticas setoriais [sozinhas] já não dão conta da violência. Sobral vai muito bem nestas políticas, mas precisa avançar agora no campo da intersetorialidade para conseguir respostas concretas para este problema. Por isto, considero de extrema importância este diálogo com o Instituto Ayrton Senna”, falou.

A Prefeitura de Sobral tomou a decisão de incluir as competências socioemocionais no currículo da educação municipal, para trabalhar além das habilidades de leitura, escrita e cálculos, o desenvolvimento de valores, preparando as crianças e adolescentes para a melhoria dos relacionamentos interpessoais. As escolas já trabalham os conteúdos a partir deste ano.

A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (STDE), em parceria com o Instituto Federal do Ceará, através do curso superior de Tecnologia de Alimentos, realizou no dia 22 de março, no laboratório de frutos do IFCE, um treinamento de “boas práticas na manipulação, produção e comercialização de polpa de fruta” com os permissionários do Mercado Público que apresentaram interesse em comercializar este produto.

O treinamento consistiu da transferência do conhecimento teórico e demonstração prática de como realizar a produção de polpas de frutas conforme as exigências da RDC N° 216, regulamento que estabelece os procedimentos de boas práticas para serviços de alimentação, a fim de garantir as condições higiênico-sanitárias do alimento preparado.

Instagram
YouTube