A- A A+ |

Nesta quinta-feira (02/12), agricultores e técnicos da Bolívia, Argentina e Paraguai visitaram a estufa de cactáceas, localizada no distrito de Bonfim e administrada pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (STDE). A vinda dos visitantes ao município é uma realização do Centro de Estudos do Trabalho e de Assessoria ao Trabalhador e à Trabalhadora (Cetra), do projeto Saberes do Semiárido.

Na ocasião, a coordenadora de Desenvolvimento Agrário da STDE, Paula Vanessa Queiroz, recepcionou os viajantes e apresentou as instalações da Escola Agrícola e o funcionamento do programa Flores do Sertão.

De acordo com a coordenadora de Desenvolvimento Agrário, a visita à estufa foi um momento de partilha de informações. "Eles quiseram saber como é o processo de plantio e reprodução das cactáceas, nossos técnicos explicaram como isso acontecia, e presenteamos os visitantes com sementes. Eles também são povos do semiárido, têm espécies de plantas como os nossos cactos e suculentas e ficaram impressionados com essa ideia de cultivá-las para serem plantas ornamentais a serem vendidas”, explicou a coordenadora.

O Grupo de Educação em Saúde do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) II Damião Ximenes Lopes realizou, na quinta-feira (02/12), uma dinâmica para trabalhar a integração e fortalecer os laços entre usuários e profissionais do equipamento.

De acordo com o psicólogo e gerente do Caps II, Dimas Cavalcante, foi realizada uma dinâmica chamada oficina do crachá. “Ela consiste numa conversa de 20 minutos entre os participantes. Ao final desse tempo, cada participante deve criar um crachá com as informações colhidas na conversa”, explicou o psicólogo.

Além das informações básicas como nome e sobrenome, a dinâmica possibilita o estreitamento dos laços com perguntas mais pessoais como música e comidas favoritas, lugar preferido, e outros dados pessoais. Também foram trabalhadas atividades de autoconhecimento e os momentos tiveram como objetivo uma maior integração do grupo e fortalecimento de vínculos.

A Prefeitura de Sobral, por meio das secretarias da Juventude, Esporte e Lazer (Secjel) e da Infraestrutura (Seinfra), inaugura, nesta sexta-feira (03/12), a quadra poliesportiva José Gerardo do Nascimento Filho, no distrito de Caioca. O investimento é superior a R$ 400 mil, com recursos do tesouro municipal.

O projeto da nova quadra inclui estrutura de aço, piso industrial, refletores de LED, arquibancada e cobertura em alumínio, além de alambrados, rampa de acesso para cadeirantes e piso intertravado em seu entorno.

Na última terça-feira (30/11), representantes da Coordenadoria de Licenciamento, Fiscalização e Inovação, da Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), ministraram palestra sobre as plataformas AgendaSol e Simplifica para arquitetos, engenheiros, tecnólogos e profissionais envolvidos com licenciamento de obras.

Na ocasião, foi apresentado um manual com o passo a passo de como solicitar e acompanhar os serviços prestados pela Seuma, por meio das plataformas que têm como objetivo facilitar o entendimento de procedimentos para a análise e aprovação de projetos junto à Prefeitura.

O momento foi realizado em parceria com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (CREA-CE).

Manual AQUI

A Secretaria da Saúde, por meio da Coordenadoria de Políticas, Planejamento e Avaliação em Saúde (COPPAS), realizou, nesta quarta-feira (01/12) o segundo momento do 1º Ciclo Teórico sobre Políticas, Planejamento e Avaliação em Saúde, e contou com a participação de mais de 60 pessoas.

A palestra foi facilitada pela administradora e coordenadora financeira da Secretaria da Saúde de Sobral (SMS), Camila Ripardo, e teve como foco profissionais da área. “Tivemos 25 participantes presenciais e 42 participantes virtuais, totalizando 67 profissionais nesse momento. O tema abordado ontem repercute nos temas de pagamentos, de onde vem as receitas e o alocamento de custos. Ele traz uma elucidação de como funciona e se organiza o orçamento público em Saúde”, reiterou o coordenador da COPPAS, Diógenes Farias Gomes

O Ciclo Teórico acontece anualmente e, neste ano de 2021, contou com dois momentos: um em julho, com o tema “Instrumentos de Gestão”, e o encontro de dezembro com o tema “Execução Orçamentária”. Diógenes destaca que sempre são eleitos temas importantes para auxiliar a tomada de decisões nos campos da Gestão Pública.

“Esses momentos são estendidos para coordenadores, gerentes e profissionais que atuam na gestão pública e tenham interesse pelo tema. Nesses momentos, abordamos planejamento financeiro e planejamento em Saúde de forma integrada, para que os profissionais entendam os trâmites desses planejamentos, como eles podem contribuir e no que o planejamento influencia nas atividades práticas”, finalizou o coordenador.

Instagram
YouTube