Acesse

  • Ministério do Meio Ambient
  • SDA Secretaria Desenvolvimento Agrário
  • Ministério do Desenvolvimento Agrário
  • Ministério da Agricultura
  • Ministério da Pesca e Aquicultura
  • Secretaria de Políticas para as Mulheres
  • Sebrae
  • UVA
  • Embrapa
  • Instituto Agropolos do Ceará

Programação Agrinorte

  • Inscrições Agrinorte

Eventos

Secretaria da Agricultura e Pecuária
Terça, Jun 04 2013

A campanha de mobilização da sociedade civil pelo início imediato das obras da Refinaria Premium do Ceará vai começar esta semana em Sobral. O encontro acontece, a partir das 16h, dessa quarta-feira, 5, no Auditório Saturno do Cento de Convenções de Sobral, e contará com a participações de representantes do empresariado, do poder público e da sociedade civil.

De acordo com o Prefeito Veveu “a campanha é uma forma de apressar o processo. Esse negócio (Refinaria) terá um impacto muito grande em nossas vidas”, afirma. A Refinaria Premium do Ceará terá capacidade de processar 47,7 milhões de litros de petróleo/dia. A expectativa é que 90 mil empregos diretos e indiretos sejam gerados durante os quatro anos de construção.

O presidente da AL lembra que a Refinaria Premium do Ceará é um compromisso firmado há alguns anos pelo Governo Federal com o Ceará. “Até agora, a obra não saiu do papel. Chegou a hora de exigirmos que comece a ser construída. Vamos aos municípios, porque todos irão ganhar com o empreendimento. Ganha o Brasil, ganha o Ceará, ganham todos os cearenses”, completa.

Quando começar a operar a refinaria terá um faturamento da ordem de R$ 95 milhões/dia. “O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) deverá dobrar, com a refinaria gerando sozinha mais de R$ 7 bilhões ao ano em recursos para o Estado investir em educação, moradia, segurança e muitas outras áreas”, informa José Albuquerque,

Nas refinarias, o petróleo é transformado em combustíveis e em uma matéria-prima chamada nafta, que é utilizada em outras indústrias, chamadas petroquímicas. Hoje, o Brasil possui 11 refinarias e três petroquímicas refinando quase 383 milhões de litros de petróleo por dia.

Confira abaixo o cronograma de reuniões nos municípios que receberão a campanha:

05/06: Sobral

06/06: Tianguá

07/06: Crateús

13/06: Quixadá

14/06: Limoeiro do Norte

20/06: Crato

21/06: Iguatu

27/06: Baturité

28/06: Aquiraz

04/07: Itapipoca

05/07: Camocim

15/07: Fortaleza

Terça, Jun 04 2013

A Universidade Federal do Ceará com apoio da Prefeitura de sobral, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UEVA), realizará, nessa sexta-feira, dia 7, no auditório central da UEVA, o Seminário Impactos da Desertificação, sobre a Agricultura Familiar em Sobral.

O seminário pretende chamar a atenção dos agricultores familiares, das autoridades municipais e dos estudiosos da desertificação para reduzir esse processo, e propor soluções simples e eficazes no combate à degradação do solo, da vegetação, dos recursos hídricos, da biodiversidade,e, acima de tudo, da qualidade de vida das populações afetadas.

De acordo com estudiosos, as queimadas, o desmatamento desordenado, o extrativismo da madeira, o uso intensivo do solo, na agricultura castigam as áreas de semi-árido, tornando-as mais sujeitas à desertificação.

Entre os objetivos a serem alcançados durante os debates estão: a promoção da conscientização da existência e proximidade do processo de desertificação; promover a aproximação dos alunos dos cursos de graduação com os agricultores familiares e apontar possíveis soluções, na criação de políticas públicas, para reverter o processo de desertificação.

O seminário contará com a participação da Secretária da Agricultura e Pecuária, Luiza Barreto; do Doutor em Zootecnia Fabiano de Carvalho, que abordará o tema “Manejo da Caatinga x Desertificação; de Rafael Tonucci, também doutor em Zootecnia, que tratará do assunto “Serviços Ambientais no Combate à Desertificação”, e do agricultor  Sebastião da Silva, que trabalha com sistema agroflorestal e venda de polpas de frutas na serra da Meruóca, além de outras presenças.

Terça, Jun 04 2013

José Clodoveu de Arruda Coelho Neto, o Veveu, é filho do amor do Dr. Luciano de Arruda Coelho e da Dra. Maria do Carmo Carvalho de Arruda Coelho. Nasceu em Sobral, em 26 de maio de 1958. De seu casamento com Maria Izolda Cela de Arruda Coelho nasceram Hilda, Luisa, Clara e Pedro.


Estudou na escola da Dona Maria José Carneiro, no Colégio Sobralense e na Universidade Federal do Ceará. 

Em Sobral foi Presidente do Grêmio Estudantil do Colégio Sobralense, foi um dos responsáveis pelo jornal Quinzena Estudantil e ajudou a criar a Pastoral da Juventude da Diocese de Sobral.


Em Fortaleza foi protagonista da luta pelas liberdades democráticas. Foi vice-presidente da primeira diretoria do Diretório Central dos Estudantes da UFC e depois foi presidente da entidade. Filiou-se ao Partido Comunista do Brasil, ainda clandestino, e destacou-se na luta pela anistia, pela reforma agrária, pela reforma partidária e pela redemocratização do país.


Em 1982 veio trabalhar em Sobral como advogado e professor da UVA.Retomou suas relações com a Igreja, principalmente com o Movimento do Dia do Senhor e as Comunidades Eclesiais de Base – CEBs.
Em 1988 filiou-se ao Partido dos Trabalhadores sendo eleito vereador em 1992, quando cumpriu um mandato inovador na política sobralense.


Em 1997 a convite de Cid Gomes, então Prefeito de Sobral, assumiu a Secretaria da Cultura e estabeleceu um marco definitivo na cidade ao conquistar o tombamento do centro histórico pelo Patrimônio Nacional.

 

Em 2004 foi eleito vice-prefeito de Sobral, na chapa liderada pelo Prefeito Leônidas Cristino, que seria reeleita em 2008. Como vice-prefeito inovou mais uma vez ao assumir a coordenação de projetos especiais da administração sobralense. Em 2009 assumiu a Superintendência do IPHAN no Ceará.


Integrou a Coordenação das duas campanhas do governador Cid Gomes, em 2006 e 2010. Nas duas ocasiões conduziu a elaboração do Plano de Governo e na Articulação com a Sociedade Civil, consolidando o seu prestígio com segmentos sociais do Estado e com o governador Cid Gomes.


Agora, Veveu assume, com a confiança da população e das lideranças políticas sobralenses, os destinos de sua cidade para fazer avançar o ciclo de transformações conduzido por Cid e Leônidas.