Atingir a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde mostra a qualidade do Sistema de Saúde de Sobral

A Secretaria da Saúde informou, na última sexta-feira (01/06), que mais de 52 mil sobralenses foram imunizados contra a influenza A H1N1, H3N2 e Influenza B – esse número representa 93,10% do grupo prioritário, formado por idosos, crianças, gestantes, indígenas, pessoas com doenças crônicas e profissionais da saúde. O desempenho do município foi superior ao do Ceará e do Brasil.

A maior adesão foi entre os trabalhadores da saúde, seguido pelo pelos idosos que atingiram 94,55%, o que representa 16.946 pessoas com 60 anos ou mais vacinadas em Sobral. As crianças entre seis meses e menores que cinco anos respondem pela terceira maior adesão à campanha, com 90,90%, ou seja, mais de 12 mil crianças.

A princípio a campanha iria até o dia 1º de junho, mas devido à greve dos caminhoneiros, o abastecimento da vacina em alguns locais foi comprometido, por isso, o Ministério da Saúde prorrogou o prazo até dia 15 de junho.

A vacina oferecida na campanha proporciona impacto direto na diminuição dos casos e gastos com medicamentos para tratamento de infecções secundárias, além de contribuir para a redução das internações hospitalares e da mortalidade. Além disso, a vacina protege contra os três principais vírus que circularam no hemisfério sul no ano anterior.