Foi realizada, nessa quarta-feira (01/08), a 8ª reunião do Comitê Deliberativo do Ceará Pacífico em Sobral. O encontro, realizado mensalmente, reúne policiais civis, militares, rodoviários federais, e representantes dos demais órgãos que compõem o aparelhamento de segurança pública do Estado, além dos poderes Executivo e Judiciário, na tentativa de serem traçadas estratégias conjuntas de combate à violência. O encontro contou com a participação da secretária da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará (Sejus), Socorro França.

Durante o encontro, foi anunciado pelo juiz Cavalcante Neto, da 1ª Vara Criminal de Sobral, a implantação, no município, do programa Tempo de Justiça. "Este é um programa que monitora o andamento de toda a atividade da persecução penal relativos aos crimes dolosos contra a vida (...). Ele monitora o andamento de cada um dos casos para identificar, por exemplo, porque um caso parou em determinada fase. Exemplo: um caso deveria demorar vinte dias numa fase e passou para trinta dias, vamos saber porque perdemos dez dias. O sistema é importante porque dá informações sobre o nosso trabalho. Eu vou conseguir avaliar melhor o que eu estou fazendo, conhecer as minhas deficiências e o que eu tenho feito de errado", explicou o magistrado sobre o programa, que representa uma experiência exitosa na capital cearense.

Foram ainda apresentados os novos delegados, inspetores e escrivães que irão compor a força policial no município. O delegado Ozaniel Vasconcelos, participando pela primeira vez da reunião do Comitê, é um dos quatro delegados que agora integram a delegacia municipal. Ele elogiou a iniciativa de integração entre os órgãos que compõem a segurança pública. "A reunião é muito produtiva no sentido de integrar mais as instituições, de se ajudar, de somar esforços e diminuir algumas dificuldades, alguns ruídos que possam haver entre uma instituição ou outra. É uma forma muito interessante de diálogo para a diminuição do crime em Sobral", disse o delegado.

Participaram ainda os secretários municipais Erlânio Matoso (Segurança e Cidadania) e Júlio Alexandre (Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social). "Essa reunião já ocorre há alguns meses aqui no município de Sobral, faz parte de um modelo de governança instituído em parceria com o Governo do Estado, através do Ceará Pacífico. Nesse momento se discute à rigor estratégias para prevenção à violência no município de Sobral. Então, é uma ocasião importante, hoje nós tivemos, pela primeira vez, a presença da secretária da Justiça Socorro França, representando o sistema penitenciário", pontuou Júlio.