O prefeito Ivo Gomes participou, nesta sexta-feira (11/10), da reunião do Comitê de Governança do Pacto por Um Ceará Pacífico, o maior programa do Governo do Ceará para reduzir os índices de criminalidade. O encontro foi realizado no Palácio da Abolição, em Fortaleza, e conduzido pelo governador Camilo Santana e pela coordenadora executiva do Pacto, a vice-governadora Izolda Cela.

O prefeito apresentou as ações do município de Sobral voltadas para a prevenção à violência. “A gente veio aqui a pedido do comitê central, para dividir com eles aquilo que eles consideram estar num curso de progresso e que pode vir a ser uma experiência de sucesso, que é a integração de todas as instituições que trabalham com repressão ou prevenção da violência; e a necessidade da contribuição dos municípios no que diz respeito à melhoria dos espaços públicos, para que eles não sirvam de atrativo para a violência. A gente tem uma parceria importante com o Governo nas duas áreas”, disse.

Em conjunto com outras ações, as iniciativas do Pacto estão ajudando a reduzir os índices de violência em Sobral. A resolutividades de homicídios, hoje, é superior a 50%; e o número de homicídios na adolescência caiu 83% (dados comparados desde 2017). "Eu estou muito feliz com a queda, não só nos homicídios, mas em todos os indicadores de violência que, em Sobral, diminuíram”, disse o prefeito.

Ivo Gomes falou ainda sobre outras estratégias desenvolvidas em Sobral e que são recomendadas para a prevenção da violência, no que diz respeito ao urbanismo da cidade, como é o caso da melhoria da limpeza, saneamento, padronização de calçadas, construção de praças e troca da iluminação (lâmpadas de vapor por lâmpadas de LED), por exemplo.

“Esse comitê, essa experiência de Sobral, não tenho dúvidas, será uma experiência que vai servir de exemplo não só para as políticas públicas do Governo [do Ceará], mas também para o restante do país”, disse o governador Camilo Santana.

Foram apresentados, ainda, os resultados de outras ações do Pacto, como o projeto do Big Data da Segurança Pública e o processo de modernização do Tribunal de Justiça. Participaram do momento representantes da Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, Prefeitura de Fortaleza, Ministério Público e Defensoria Pública, além de secretários de Estado, integrantes da sociedade civil e de instituições de iniciativa privada.