Foi realizado, na manhã desta quinta-feira (10/05), no Hospital do Coração, o primeiro procedimento do Programa de Cirurgias Eletivas do Consórcio Público de Saúde da Microrregião de Sobral (CPSMS). O secretário da Saúde do Estado do Ceará, Henrique Javi, destacou que este é o primeiro consórcio do estado (e do Nordeste) a destinar recursos para promover cirurgias eletivas, ou seja, aquelas que podem ser marcadas com antecedência, como é o caso de cirurgias cardíacas, oftalmológicas e de catarata, por exemplo.

Dona Rosa Cunha, a primeira beneficiada pelo programa, esperava pela cirurgia há 7 meses. Ela foi submetida a uma revascularização do miocárdio (ponte de safena), indicada em situações onde existem obstruções (entupimentos) importantes nas artérias do coração. Momentos antes da cirurgia, se mostrava confiante. “Estou nervosa não, estou calma, porque eu sei que Deus é poderoso e vai me ajudar”, disse. Além da cirurgia cardíaca, foram realizados outros três procedimentos de catarata, na clínica Dr. José Nilson.

O prefeito de Sobral, Ivo Gomes, que é presidente do consórcio, explicou que o investimento no programa foi possível por conta de uma reforma interna, do ponto de vista financeiro. “Esse dinheiro, até eu assumir, era suficiente somente para o custeio e a manutenção da policlínica e do CEO, mas com as reformas que fizemos, conseguimos gerar um superávit de R$ 1 milhão de reais no ano passado e pactuado com os prefeitos, estamos investindo esse dinheiro exclusivamente em cirurgias eletivas”, pontuou.

O consórcio recebe investimento do Estado do Ceará e dos 24 municípios participantes (a contribuição mensal é retida do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Sobral é o maior contribuinte e alinha a ação ao programa municipal “Mais cirurgias, mais exames”, que já tirou da fila de espera mais de 1.600 pessoas.