Visando o controle populacional, o projeto prevê esterilização cirúrgica e procedimentos pré e pós operatório. O programa é permanente e está alinhado a política municipal de bem estar e proteção animal. A meta é cadastrar até 150 animais por mês, entre cães e gatos acima de seis meses.